Dicas para problemas técnicos

1. Existe um setor de suporte ao PJe no TRT5?

R: Sim. O setor chama-se Núcleo de Suporte Operacional ao PJe - Nusop, funciona no 5º andar do Fórum Juiz Antônio Carlos Araújo de Oliveira, Comércio. Telefone para contato: (71) 3284-6777. No entanto, para registrar chamados para problemas técnicos ou de operação, siga o fluxo indicado no item '3', abaixo.

2. Quais as atribuições do Núcleo de Suporte Operacional ao PJe (Nusop)?

R: Orientar usuários internos e externos acerca do manuseio do PJe, homologar novas versões do sistema e contribuir para o melhor funcionamento, desenvolvimento e aprimoramento do Processo Judicial Eletrônico no âmbito do TRT5, bem como encaminhar demandas para a Equipe de Sustentação do PJe, que está lotada na Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação - Setic.

3. Como funciona o fluxo de atendimento do Nusop?

R: O usuário aciona a Central de Serviços pelo telefone (71) 3284-6777 ou pelo Setic Atende (seticatende.trt5.jus.br - apenas para usuários internos) e descreve a sua demanda. O atendente registra o chamado, informa o número do chamado, que deve ser guardado pelo usuário, e encaminha para o Nusop, que avalia a demanda e resolve (se for chamado de negócio) ou encaminha para a Setic (se for chamado técnico), que pode resolvê-lo ou enviá-lo para o CSJT, através de um chamado no JIRA (ferramenta para abertura de chamados naquele órgão), de tudo ficando ciente o usuário.

4. Qual a diferença entre chamado técnico e de negócio?

R: O chamado técnico refere-se a problemas operacionais que impedem o bom funcionamento do PJe (exemplo: impossibilidade de assinar documentos ou 'travamento' do processo em alguma tarefa) enquanto que chamado de negócio é aquele em que o usuário tira dúvidas acerca do manuseio do sistema (exemplo: orientações sobre como arquivar um processo ou como retificar uma autuação).

PROBLEMAS MAIS FREQUENTES:

1. ESQUECEU SENHA DE PUBLICADOR NO DEJT

Se o usuário interno esqueceu sua senha de publicador no DEJT, basta acessar o site e clicar em 'Esqueci minha senha'.

2. PROBLEMA EM INCLUIR ANEXOS E PROTOCOLAR PETIÇÕES

Se o usuário não consegue anexar documentos e protocolar petições, o problema pode ser o tamanho do nome do arquivo. Portanto, sugerimos que reduza o nome dos mesmos.

Exemplo

De: DIRETORIA GERAL - CARTA PRECATORIA PROCESSO 0002125-58.2012.5.05.0000.PDF

Para: DG - CP 0002125-58.2012.5.05.0000.PDF

Também poderá haver problema quando houver um espaço imediatamente antes do último ponto (antes da extensão) do arquivo.

Por exemplo:

· 11. Guia de Depósito .pdf (não envia)

· 11. Guia de Depósito.pdf (envia normalmente)

· 11 . Guia de Depósito.pdf (envia normalmente, por não ser o último ponto)

Além disso, o documento não pode conter um caractere inválido. O caractere 'ª', em '1ª VARA', por exemplo, não fica correto ao ser colado (mostra um retângulo). Nesse caso, apague-o e digite novamente.

3. NÃO CONSIGO ANEXAR DOCUMENTOS À MINHA PETIÇÃO

Se todos os anexos estiverem dentro dos padrões (formato '.pdf', tamanho 'até 5 MB' etc), possivelmente algum texto foi colado do Word diretamente no campo de texto da petição. Para resolver, execute os seguintes passos:
- Faça uma cópia do texto da petição em lugar externo ao PJe, para poder usá-lo depois;
- Exclua o conteúdo do campo de texto principal da petição;
- Digite um caractere qualquer no campo de texto ('a' por exemplo) e clique em Gravar, para efetivamente excluir o conteúdo anterior;
- Com o campo de texto vazio, clique no botão 'Colar (copiado do Word), existente na barra de ferramentas do editor;
- Na nova janela que é mostrada, cole o conteúdo proveniente do Word e clique em inserir (esse procedimento deve ser adotadosempre que se quiser importar conteúdo do Word);
- Tente anexar os arquivos novamente.